EDITORIAL

Nos últimos anos a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) enrijeceu as normas com relação à certificação e habilitação de dirigentes e conselheiros dos fundos de pensão.

A certificação, já é uma exigência legal desde 2009 e, além da Diretoria e Conselhos Deliberativo e Fiscal, sua obrigatoriedade se estende também aos componentes do processo decisório de investimentos, sejam eles do Comitê de Investimentos ou analistas de investimentos do quadro funcional.

Já a habilitação é o processo de validação da PREVIC para confirmação do atendimento aos requisitos mínimos necessários para ocupar o cargo de conselheiro ou dirigente da entidade.

Em dezembro de 2017, a Portaria nº 1.142 reconheceu novas instituições autônomas aptas a realizar a certificação de dirigentes, conselheiros e demais profissionais dos fundos de pensão, dentre elas: Anbima, Ancord, ICSS, Apimec, IBGC, FGV e Planejar.

As certificações aceitas, entretanto, são específicas para cada órgão, por exemplo, os membros do Comitê de Investimentos devem possuir a certificação por experiência ou por prova no ICSS (em Investimentos), na Anbima (CPA-20, CEA, CGA), na APIMEC (CNPI, CNPI-P, CGRPF) ou na Planejar (CFP).

Se por um lado o objetivo é conferir maior profissionalismo nas entidades, por outro à exigência da responsabilidade e do comprometimento de quem faz parte dos colegiados se torna ainda maior, já que a busca pela atualização técnica deve ser constante, com o objetivo de ampliar a qualidade da contribuição de cada membro nas discussões e deliberações.

Carteira de empréstimos da FAPA movimentou mais de R$ 3 milhões em 2017

As taxas e prazos diferenciados da carteira de empréstimos da FAPA sempre foram atrativos para os participantes e assistidos da entidade. Em 2017 foram liberados 295 contratos de empréstimos que movimentaram R$ 3,2 milhões em recursos.

Leia mais

Prazo para candidatura nas eleições da FAPA se encerra nesta sexta-feira

O prazo para os participantes e assistidos interessados em se candidatarem aos Conselhos Deliberativo e Fiscal da FAPA se encerra nesta sexta-feira (02). Por meio da votação serão escolhidos dois membros titulares e dois membros suplentes para o Conselho Deliberativo e dois membros titulares para o Conselho Fiscal, para cumprimento de mandatos de quatro anos.

Leia mais

Participantes e assistidos da FAPA recebem extrato para fins de IR

Os participantes e assistidos da FAPA começaram a receber em fevereiro os extratos para fins de Imposto de Renda.

Para os participantes o documento foi enviado via malote e ficará disponível na Área Restrita no site da FAPA

Leia mais

Siga-nos nas Redes Sociais