CONTRATO ÚNICO DE EMPRÉSTIMOS

Em junho o processo de empréstimos da FAPA passou por mudanças, com a adoção do Contrato Único no formato "guarda-chuva". Com isso, não é mais necessário assinar um novo contrato a cada solicitação de empréstimos.

O participante ou assistido, mesmo que não tenha intenções de solicitar empréstimos nesse momento, pode antecipar-se fazendo a assinatura prévia do Contrato Único. Assim, quando for realizada a solicitação, o pedido será analisado imediatamente, sem a necessidade de aguardar o encaminhamento do contrato.

A liberação do empréstimo, entretanto, estará condicionada ao Regulamento de Empréstimos, à disponibilidade de margem consignável, ao limite operacional, às limitações da legislação própria em vigência e ao encaminhamento do contrato assinado.

O calendário de liberação de recursos não sofreu alterações (Acesse aqui). A solicitação deve ser feita sempre até a quarta-feira que antecede a data da liberação (segunda-feira).

COMO ASSINAR O CONTRATO ÚNICO

Para ter acesso ao Contrato Único de Empréstimos basta acessar o site da Fundação (Clique aqui), realizar uma simulação, imprimir e assinar o documento, conforme as orientações disponíveis, e enviá-lo à FAPA no endereço: Rua da Bandeira, 500 – 3º Andar - Cabral, Curitiba - PR, 80035-270. Contratos digitalizados não são mais aceitos pela Fundação.

Canais de Relacionamento da FAPA receberam mais de 1000 atendimentos desde início da pandemia

Desde a suspensão dos atendimentos presenciais, diante da Pandemia de CoronaVirus, a FAPA já realizou mais de 1000 atendimentos nos seus Canais de Relacionamento. Antes da pandemia, a média de atendimentos era de 110 por mês, somente nesses canais, que incluem o WhatsApp, o ChatOnline, Central de Autoatendimento e E-mails.

Leia mais

FAPA apresenta recuperação e fecha semestre com rentabilidades positivas

Depois de um primeiro trimestre turbulento, a FAPA obteve recuperação e fechou o semestre com rentabilidades positivas. A parcela de Contribuição Definida, composta por participantes e assistidos em Percentual do Saldo, fechou junho com o acumulado de 1,37% e a parcela de Benefício Definido (BD), composta por assistidos que recebem benefícios de Renda Vitalícia, fechou com rentabilidade de 2,59%.

Leia mais

Saúde mental: o que fazer em tempos de novo Coronavírus?

A rápida propagação do Novo Coronavírus, que causa a síndrome respiratória Covid-19, tem levado a população à medida preventiva de isolamento. Nesse período, é fundamental ficar em casa para conter o avanço da doença, o que tem gerado impactos na saúde mental das pessoas. O cenário de medo e incertezas gera estresse e ansiedade. Alguns artigos já foram publicados falando sobre o impacto psicológico da pandemia.

Leia mais

Siga-nos nas Redes Sociais