NOTÍCIAS

Fique sempre por dentro do que acontece
Regional Sul: Encontro promove amplo diálogo e troca de experiências 11/04/2018

Regional Sul: Encontro promove amplo diálogo e troca de experiências

A cidade de Curitiba sediou nesta terça, 10, o segundo evento da série de Encontros Regionais da Abrapp. Mais de 100 participantes das associadas do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul estiveram presentes em um encontro que promoveu o debate e a troca de experiências. “Estão aqui a Abrapp, Sindapp, UniAbrapp, ICSS, a Previc e a Subsecretaria para nos tirar dúvidas, e se temos questionamentos, o momento é agora, pois se trata de um evento para prestação de contas e para ouvir o sistema”, disse o Diretor Executivo da Abrapp, Celso Ribeiro de Souza, na abertura do evento.

Em seguida, outro Diretor da Abrapp, Lindolfo Zimmer, deu as boas-vindas a todos os presentes. “É uma alegria recebê-los em Curitiba neste encontro da Regional Sul. O momento que o país atravessa exige uma ação efetiva de nossa parte para que possamos determinar nossos caminhos”, comentou.

O Diretor Presidente da Abrapp, Luís Ricardo Marcondes Martins, deu o tom das discussões atuais dos projetos no Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC). “Existe uma demanda reprimida por planos de Previdência Complementar, mas precisamos de medidas de fomento como a inscrição automática, o CNPJ por Plano e a adesão até terceiro grau de parentesco. Temos o dever de mudar o sistema para flexibilizar os planos para permitir a entrada de maior número de participantes”, disse.

Luís Ricardo comentou as dificuldades encontradas no CNPC para incluir na pauta da próxima reunião do órgão e avançar com a aprovação de tais medidas. Lembrou ainda dos compromissos assumidos pelo ex-Secretário Executivo e atual Ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, de levar os projetos para votação no Conselho.

Planos para familiares - Por outro lado, o Diretor Presidente da Abrapp ressaltou a força do sistema que, mesmo diante das adversidades, tem conseguido crescer com iniciativas como a da Fundação Copel, que lançou um plano voltado para familiares de participantes no final do ano passado. “A Fundação Copel tinha uma meta de 1200 adesões no primeiro ano de funcionamento do novo Plano Família. Eles conseguiram cumprir a meta em apenas dois meses”, contou Luís Ricardo.

No espaço reservado para debates, foram ressaltadas novamente as iniciativas de entidades que têm oferecido planos voltados aos familiares. Além da Fundação Copel, também foi citado o exemplo da Fundação CEEE e da Previsc, entre outras, que estão atraindo a adesão de parentes de participantes.

O representante da Subsecretaria do Regime de Previdência Complementar, Nílton Antônio dos Santos, também reforçou a ideia que os planos voltados para familiares representam uma das principais portas de fomento para o sistema na atualidade.

Regionalização da UniAbrapp - O Diretor Presidente da UniAbrapp e Diretor Vice Presidente da Abrapp, Luiz Paulo Brasizza, apresentou as ações da Universidade desde sua criação e os projetos para 2018 e 2019. Um dos pontos centrais da apresentação foram os avanços na regionalização da UniAbrapp, com benefícios para todas as regiões, inclusive para as associadas do Sul. “Em 2018 realizamos 4 treinamentos presenciais na região Sul, distribuídos em Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba”, disse Brasizza.

A UniAbrapp está realizando um levantamento para verificar a demanda de treinamentos no Paraná. Além disso, prevê a abertura da primeira turma de MBA em Gestão de Previdência Complementar na regional Sul no segundo semestre de 2018.

Supervisão prudencial – O Diretor da Previc, Christian Catunda, apresentou as diretrizes gerais e ações da autarquia na supervisão do sistema. O representante explicou que a Previc tem reforçada a atuação baseado na supervisão prundencial e citou alguns exemplos de ações que estão alinhadas nesse sentido. Um dos exemplos é a questão da autorregulação do sistema, de iniciativa da Abrapp, Sindapp e ICSS.

Deu exemplo ainda de ações como a fiscalização dos patrocinadores e o disclosure de informações pela Previc. “A supervisão prudencial vai muito além das ações do estado. O próprio sistema tem uma série de mecanismos para fortalecer sua governança”, disse Catunda.

Clique aqui para ver calendário completo dos Encontros Regionais.

Fonte: Abrapp

OUTRAS NOTÍCIAS

Veja aqui outras notícias
FALE COM A FAPA
Previc FAPA

Agência Eureka! Agência de publicidade e propaganda
Obrigado. Responderemos em breve.
X