NOTÍCIAS

Fique sempre por dentro do que acontece
Com baixa procura, Paraná estende vacinação contra dengue 06/09/2016

Com baixa procura, Paraná estende vacinação contra dengue

Devido à baixa procura pela vacina, o governo do Paraná resolveu estender, por mais três semanas, a campanha de vacinação contra a dengue. O Paraná é o único Estado brasileiro que oferece gratuitamente a vacina.

Apesar disso, a procura pelo medicamento foi bastante baixa: até o último sábado (3), data final da campanha, apenas 25% da meta havia sido cumprida. Foram 125 mil pessoas vacinadas.

O governo atribui a dificuldade ao público-alvo da campanha (jovens de 15 a 27 anos, que não costumam frequentar postos de saúde), além da desconfiança em relação ao novo medicamento, recém-aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).
Agora, o objetivo é atingir pelo menos 400 mil pessoas até o dia 24. A campanha ocorre em 30 municípios, que tiveram o maior número de casos da doença. No total, foram compradas 500 mil doses, a um custo de R$ 50 milhões.

O governo pretende reforçar a comunicação, especialmente pelas redes sociais, e centrar esforços nas quatro maiores cidades que participam da campanha: Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu e Paranaguá.

Regiões endêmicas do mosquito Aedes aegypti, as três primeiras cidades atingiram apenas 14%, 17% e 18% da meta. Paranaguá, que teve 29 mortes por dengue neste ano, vacinou 35% do público-alvo.

Segundo o governo do Paraná, apenas 0,03% das pessoas vacinadas tiveram reações leves à vacina, como dores musculares ou febre. Nenhuma reação moderada ou grave foi reportada.

Fonte: Folha de São Paulo

OUTRAS NOTÍCIAS

Veja aqui outras notícias
FALE COM A FAPA
Previc FAPA

Agência Eureka! Agência de publicidade e propaganda
Obrigado. Responderemos em breve.
X